Pernambucano adotado

Ernesto no BrasilErnesto, um Porto Riquenho que já viveu nos EUA e na Argentina, esta há mais de 18 meses se aventurando em “Terra Brasilis“, mais especificamente em Olinda.
Apaixonado pela cultura pernanbucana e pelo modo de vida brasileiro, muito parecido com o Caribe segundo sua perpectiva, ele vai vivendo e aproveitando as oportunidades. Trabalha como analista de sistemas para uma empresa de informatica do exterior e afirma que: “Planos? Nenhum. A vida vai dizer!“.

– Nome:
Ernesto

– Onde nasceu e cresceu?
Porto Rico.

– Em que país e cidade você mora?
Olinda-PE

– Há quanto tempo você reside nesse local?
18 meses.

– Já residiu em outro(s) país(es) antes dessa experiencia?
Sim, morei nos EUA durante dez anos e em Buenos Aires durante 5 meses.

– Qual sua idade?
29

– Quando surgiu a idéia de residir no exterior?
Nasci em Porto Rico mas fui pros EUA para estudar e, depois, trabalhar. Lá enjoei do trabalho, da rotina, da mesmisce, do padrão de vida, do suposto “sonho americano”. Vendi tudo e fui viajar. Nas minhas viagens adorei Pernambuco e, depois de viajar 6 meses no Brasil, um mes na Colombia e morar cinco meses na Argentina, resolvi morar em Olinda.

– Foi difícil conseguir o visto de residência ou o visto de trabalho?
No meu caso, adquiri residencia por conjuge brasileira. Fora a burocracia de obter e traduzir dezenas de documentos e visitar muitissimos escritorios de varios niveis do governo, acho que não foi dificil.

– Você trabalha? Como a renda familiar é obtida?
Eu não trabalho, fisicamente, no Brasil. Nem tentei. Procurei um emprego na internet (craigslist.org), e hoje trabalho em casa para uma empresa de informatica do exterior. Consegui esse emprego quando morava na Argentina, há quase dois anos.

– Você fala a língua local? Você acredita que é importante aprender a língua local?
Falo português, sim. Antes de viajar no Brasil, fiz aulas de português. Realmente é necessario; nas minhas viajem descobri que a maioria dos brasileiros não entende inglês, especialmente quando você se afastar dos grandes centros urbanos. Então, para realmente curtir a viagem e conhecer pessoas, o turista precisa falar pelo menos um pouco de português. Para morar no Brasil, é claro, também é necessario falar português.

– O que você pensa sobre seu novo país e o local onde mora (e/ou onde morou)?
“outras cidades serão mais belas -o mundo está cheio de corpos lindos-, mas nenhuma delas me daria esta sensação de permanente surpresa e descobertas, ser único e insubstituívelm cuja forma, odores, maciez, eu reconheceria de olhos fechados. Recife, corpo amado.”
[Luzilá Gonçalves, recifense, profesora e poetisa. Trecho de “Esfolhando o Amado Corpo”]

-Eles respeitam os Brasileiros e outros expatriados vivendo nesse país?
Talvez a unica situação constrangedora é ter de explicar o que é Porto Rico (confundido frequentemente com Costa Rica), onde fica (dizer “uma ilha perto de Cuba” já ajuda), falar do grupo Menudo (é a unica isca de cultura portorriquenha conhecida por aqui), e explicar porque é que sou cidadão americano. Fora isso, o estrangeiro no Brasil sofre de só um preconceito: “gringo tem dinheiro”.

– Você tem filhos?
Não.

– Sente saudades da familia? Sente falta de produtos, alimentos e outras peculiaridades?
Sinto, sim. Acho normal. Para onde eu for sempre mantenho comunicação com minha familia e meus amigos. Na comida, sinto falta de algumas (poucas) coisas, mas o Brasil já me deu muitas comidas novas pra gostar. Na Argentina sofri por causa do frio, a mesmisce da comida, a discriminação (de todo mundo achar que eu era colombiano). Brasil tem uma vida parecida com as culturas do Caribe: clima, comida, dança, musica, praia. Não foi dificil a transição.

– O que costuma fazer nas horas vagas, finais de semana e feriados? Quais as atividades recreacionais existentes?
Aqui no Nordeste o principal são as praias e a cultura. Gosto muito da musica Pernambucana, não só do forró e o maracatú e os ritmos populares. Mas tambem do cavalo marinho, das festas de interior, e sempre tento descobrir tudo que ainda não conheço. Sempre que posso viajo dentro do Brasil. Em março viajei no interior do Maranhão, e em maio fui o unico estrangeiro a participar da Cavalgada da Pedra do Reino (foto abaixo). Amigos estrangeiros em Olinda só tenho um, e, fora ele, vivo minha vida com brasileiros. Realmente não procuro conhecer outros gringos que moram por aqui.
Ernesto no Brasil

– Você tem planos para o futuro? Pretende viver nesse país para sempre?
Eu acho que nada dura para sempre. Brasil é meu 4to pais de residencia. Adoro o Brasil, mas sempre existe a posibilidade de ir morar em outro pais, conhecer outra cultura, acrecentar novas experiencias. Mas, por enquanto, fico no Brasil. Planos? Nenhum. A vida vai dizer.

– Quais os pontos positivos e negativos de morar nesse país?
O maior ponto negativo é a falta de educação e conciencia. Para uma pessoa que cresceu numa cultura onde todo mundo faz faculdade, onde a maioria recicla, onde os meninos estudam e não trabalham… morar no Brasil é um verdadeiro shock cultural.
Os pontos positivos de morar no Brasil? Para mim, só a chance de conhecer uma cultura alheia já é positivo, e ainda mais se tratando de uma cultura rica como é a pernambucana.

– Qual a curiosidade que mais te chama a atenção nesse país?
O fato de ser um continente dentro de um continente. A variedade cultural, geografica, demografica. Tem muito para conhecer.

– Você gostaria de recomendar algum web site ou blog relacionado à esse país?
Meu blog é http://zerotres.wordpress.com
O blog do outro gringo de Olinda é http://yourlifeisanimpossibility.blogspot.com/.

Advertisements

5 Respostas

  1. Olá! Legal a entrevista. Sempre é bom saber sobre o que os estrangeiros residentes pensam sobre o nosso país. Só fiquei com uma dúvida: qual é o país onde todo mundo recicla?
    Abração!

    • Olá tudo bem cristiane. sou brasileira de são paulo; um prazer fala; com vocé uma terra de tão longém. do pais brasil.eu gostaria que vc podece fala sobre esté pais tão lindo que um DIA tabém vou conher. Á sua familiar é linda Que DUES .ESTÉJA sempre. aõ teu lado.beijos sua nova amiga meu orkut. fatimacristina328@hotmail.com—sara cristina chalóm israel fone 011 76520873. beijossssssssssss

  2. Parabéns por ter escolhido o Brasil. Aproveite bastante as nossas praias/sol/as pessoas que são nota 10.

    Boa sorte.

  3. EU AMOR MUITO A DEUS. SOU MUITO FELIZ. ASIM

  4. Muito interessante, conhecer a história de um estrangeiro vivendo no Brasil… Para quem mora fora como eu, apenas conhecia um lado da moeda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: