Um (quase) Vampiro – A vida de um Brasileiro na Romênia

Leonardo na RomeniaNão basta sonhar, é preciso correr atrás dos sonhos para que eles se tornem realidade. E foi assim que Leonardo conseguiu seu trabalho na Romenia e há um ano disfruta de sua conquista, vivendo em um país da Europa Oriental, viajando, conhecendo pessoas de várias nacionalidade e também sentindo falta de produtos para se fazer um bom feijão tropeiro, muqueca e feijoada.
Por suas palavras é possível aprender que a Romenia é muito mais que Dracula e Nadia Comanechi…

– Nome:
Leonardo Frade

– Onde nasceu e cresceu?
Belo Horizonte –Minas Gerais

– Em que país e cidade você mora?
Bucareste – Romênia

– Você mora sozinho ou com sua família?
Sozinho

– Há quanto tempo você reside nesse local?
1 ano

– Já residiu em outro(s) país(es) antes dessa experiência?
Sim. 6 meses estudando em Liége na Bélgica

– Qual sua idade?
26 anos

– Quando surgiu a idéia de residir no exterior?
Sempre tive vontade de morar fora do Brasil por um tempo. Tive a oportunidade de morar na Bélgica em 2005, quando fiz um intercâmbio acadêmico estudando na HEC em Liége por 6 meses. Estava com saudades da minha época de estudante na Europa e queria viver novamente uma experiência como aquela. Como já havia graduado na universidade, resolvi buscar uma oportunidade profissional através da AIESEC (organização estudantil que promove o desenvolvimento de jovens lideranças através, dentre outras coisas, de intercâmbios profissionais). Como não estava me sentindo bem no antigo emprego (Telemig Celular), resolvi pedir demissão e vir pra Romênia.

– Foi difícil conseguir o visto de residência ou o visto de trabalho?
Sim. O processo todo levou 1 ano. As entrevistas e processo seletivo levaram aproximadamente 6 meses. Depois de selecionado, tive que aguardar ainda mais 6 meses para que toda a burocracia fosse atendida.

– Você tem seguro saúde? Foi difícil obtê-lo antes ou depois da sua chegada?
Não. Como sou funcionário de uma empresa Romena, já pago as taxas para o sistema de saúde público. Além disso a empresa me oferece uma assistencia médica privada como parte dos meus benefícios.

– Você trabalha? Como a renda familiar é obtida?
Atualmente trabalho como Channel Manager de uma empresa Romena que desenvolve soluções para segurança de computadores (Soluções Antivírus). Sou responsável pelas vendas da empresa no Brasil e Portugal. Entrei como trainee da AIESEC e agora sou funcionário efetivo da empresa.
Consegui chegar a esta oportunidade graças à AIESEC. Eles tem um trabalho focado no desenvolvimento de jovens lideranças. Já sou membro da organização desde 2004 e por isso já conhecia bem a rede de oportunidades, o que facilitou muito encontrar uma oportunidade com os requisitos que eu planejava. Inicialmente eu tinha a pretenção de morar na Ásia. Como não encontrei oportunidades desafiantes na área de Marketing e Vendas, resolvi procurar outras regiões onde eu pudesse ter além de uma oportunidade desafiante, um ambiente com carga cultural fora do que estamos acostumados no Brasil e sem muita influência dos EUA ou países mais tradicionais da Europa Ocidental. Por fim, fui parar na Romênia, um país que me surpreende praticamente todos os dias.

– Se a resposta anterior foi sim, você mudou de área depois da saída do Brasil ou continua no mesmo setor?
Sim. Eu trabalhava como Analista de Marketing de uma operadora de telefonia celular em Belo Horizonte e passei a atuar mais focado na área Comercial, desenvolvimento de negócios e canais. Minha verdadeira paixão é Marketing, mas essa experiência tem me agregado coisas interessantes.

– Você fala a língua local? Você acredita que é importante aprender a língua local?
Infelizmente não tive a oportunidade de estudar o idioma a fundo. Pouca gente sabe, mas o Romeno é um idioma com raízes no Latim, portanto possui algumas similaridades com o Português. Isso me ajuda muito, pois consigo entender quase tudo que é falado por um Romeno. O problema todo é me expressar, pois como não estudei o idioma, não consigo construir frases da devida forma. O pouco que sei falar é suficiente para me comunicar.
A maioria dos Romenos mais jovens (entre 10 e 35 anos) fala inglês muito bem, isso também algo que dificulta o meu aprendizado, pois praticamente todo mundo conversa em Inglês quando estou por perto.
O Romeno é muito receptivo aos estrangeiros e comumente são curiosos por saber mais sobre o nosso pais de origem. Por ser Brasileiro, acredito que as coisas são ainda mais fácieis para mim, visto que aqui praticamente não se encontra Brasileiros que não sejam Turistas (raros inclusive), Jogadores de Futebol ou funcionários da embaixada Brasileira.
O interessante é que eles ficam extremamente felizes quando vem um estrangeiro tentando falar o idioma deles (não é muito comum ver alguem estudando Romeno fora da Romênia).

– O que você pensa sobre seu novo país e o local onde mora (e/ou onde morou)? Eles respeitam os Brasileiros e outros expatriados vivendo nesse país?
É um país com muitas semelhanças com o Brasil, principalmente pela grande influência cultural de outros paises que sofreu no passado. Por aqui já passaram impérios Romano, Otomano, Austro-Hungaro, Soviético, Alemão, etc.
Talvez por isso eles sejam tão receptivos a estrangeiros. Todos os expatriados que conheço aqui concordam que são muito respeitados por aqui.

– Você tem filhos? Se sim, eles se adaptaram ao novo país? Estudam e têm amigos locais?
Não

– Sente saudades da família no Brasil? Sente falta de produtos, alimentos e outras peculiaridades?
Sim. A saudade dos Amigos e Familiares é algo normal e já esperado quando se mora fora de casa (não só fora do Brasil, mas em outro estado Brasileiro mais afastado de casa), além do que pode ser minimizado com as ferramentas tecnologicas disponíveis como VOIP, Internet, WebCam, etc. No entanto, o que realmente me deixa um pouco aflito é a mudança forçada de alguns habitos. Eu por exemplo tinha o costume de sair com os amigos de trabalho semanalmente para um happy hour, tomar algumas cervejas e comer churrasco, algo totalmente impossível de se fazer aqui.
Outra dificuldade é em encontrar ingredientes para alguns pratos tipicamente Brasileiros, como feijão tropeiro (farinha de mandioca na Romênia, pode esquecer), Muqueca (leite de côco) ou feijoada (rabo, pé e orelha de porco, sem falar no feijão preto).
No lado cultural, só sinto falta de ir ao Teatro, coisa que gostava de fazer no Brasil. Aqui tem muitos shows de música, exibições de artes e fotografia, mas infelizmente no lado teatral, o idioma é algo que impacta bastante.

– O que costuma fazer nas horas vagas, finais de semana e feriados? Quais as atividades recreacionais existentes?
Já fiz vários amigos aqui em Bucareste e em outras cidades na Romênia. Isso ajuda muito no processo de adaptação à cultura local. Nas horas vagas procuro me dedicar à alguns hobbies (música, fotografia, dança) ou viajo para algum lugar interessante. Nos primeiros 6 meses procurei conhecer bem a Romênia, portanto viajei muito por aqui. Já conheço lugares que muitos romenos nunca foram.
Faço parte de um grupo de expatriados em Bucareste que se reunem constantemente para “Meetups”. É divertido conhecer gente do mundo todo que optou por viver parte de sua vida aqui em Bucareste. A gente divide experiências e acaba conhecendo sobre a cultura de outros paises.

– Você tem planos para o futuro? Pretende viver nesse país para sempre?
Sou apaixonado pelo Brasil. Acredito que não viveria fora do Brasil para sempre. No entanto pretendo ficar aqui mais alguns anos para desenvolver minha carreira um pouco mais e poder voltar ao Brasil com experiência suficiente para poder causar de alguma forma algum impacto positivo no lugar de onde vim. Seja com minha própria empresa ou no meu futuro empregador.
Uma outra decisão que tomei aqui é que pretendo dedicar-me as coisas que eu gosto e sinto prazer em fazer. Assim, meus dias aqui tem sido uma otima oportunidade fora da rotina usual para refletir sobre as coisas que me fazem feliz e como ganhar dinheiro fazendo o que eu gosto. Este é meu maior plano para quando retornar ao Brasil. Fazer o que eu gosto e fazer bem.

– Você comprou ou alugou o local que reside? Quanto pagou ou paga por isso? Comprar imóveis é algo comum nesse país?
Atualmente divido um apartamento com outro expatriado, um amigo da Austria que também vive aqui. Moradia na Romênia é um dos maiores custos que um expatriado pode ter. O menor valor que alguem pode pagar por um studio (apartamento normalmente utilizado por estudantes) 300 Eur/mês.
Muita gente divide apartamento justamente para reduzir as despesas. Existe um boom especulativo no mercado imobiliário da Romênia desde o fim do comunismo.
Todo mundo quer comprar seu teto, mas os preços são estratosféricos.

– Qual o custo de vida?
Considerando o Aluguel de um apartamento com 2 quartos (1 para o casal e 1 para os filhos), acredito que o custo de vida estaria entre 1.500 e 2.000 Eur mês.

– Quais os pontos positivos e negativos de morar nesse país?
Positivos: Oportunidades de negócios, Segurança (me sinto muito seguro aqui, mesmo com a presença de desigualdade social como no Brasil, pelo menos aqui as pessoas mantém os valores e não saem matando por qualquer coisa), receptividade para com os estrangeiros, belas mulheres, boa comida, facilidade para viajar para Europa, Africa, Asia (a Romênia está praticamente no meio do mundo).

Negativos: Alto custo dos alugueis, baixa infra-estrutura de malha rodoviária e ferroviária, corrupção capilarizada na sociedade (você vê corrupção em todos os ambitos da sociedade, inclusive na área médica e até mesmo no comércio varejista), arquitetura comunista (os predios são horríveis), heranças comunistas (muita coisa ficou arraigada na cultura popular, como medo em correr riscos, machismo, descrença no poder judiciário, burocracia extrema, etc).

– Qual a curiosidade que mais te chama a atenção nesse país?
Uma das coisas que mais me assustou no começo foi o fato de que as pessoas ao se reunirem para as refeições comem da comida dos outros sem nenhum pudor. Estava eu comendo, quando de repente uma colega de trabalho esticou o garfo e puxou um pedaço de carne do meu prato e comeu. No começo achei muito estranho, mas depois vi que eles tem isso como algo normal, tudo é partilhado, talvez seja herança comunista. 😉
Outra coisa interessante é que o Romeno costuma ser muito sarcastico e direto nas suas colocações. No começo me sentia incomodado com isso. Agora, estou me tornando mais direto em minhas colocações, algo bem dificil para um mineiro diplomático como eu…

– O país que você reside tem alguma coisa que é usado no dia a dia que você acha que seria interessante ser implementado no Brasil? Conte-nos…
Acredito que uma das coisas boas que o comunismo deixou foi o acesso a educação superior bem amplo. Praticamente todos os pais dos meus amigos tem curso superior. Isso eleva o senso critico da população que acaba impactando os valores sociais. Muito por isso não se vê o nível de violencia do Brasil por aqui. As disparidades sociais são até maiores em alguns casos aqui, mas mesmo assim, as pessoas não jogam tudo pro alto e saem praticando crimes. Isso realmente eu gostaria que acontecesse no Brasil. Que as pessoas tivessem mais acesso a educação e com isso, pudessemos ter famílias chefiadas por pessoas mais instruídas que soubessem educar seus filhos suficientemente para que eles pelo menos respeitem seu proximo como a si mesmo.

– Você tem sugestões ou dicas para pessoas que pretendem viver nesse país?
Esqueça tudo que você já ouviu sobre a Romênia até agora… é um lugar completamente diferente de tudo que você já conheceu um dia. Drácula e Nadia Comanechi? A Romênia é muito mais do que isso… só vindo para conferir.

– Você gostaria de recomendar algum web site ou blog relacionado à esse país? (Se tiver, coloque seu próprio blog(s). Por favor, limite-se a 5 blogs/sites, e coloque alguma descrição para facilitar a compreensão).

Blog Pessoal: http://leofrade.blogspot.com/

Advertisements

43 Respostas

  1. Oi, Leonardo, a Mirella me mostrou sua entrevista e vim aqui ler.

    Eu estou morando como expatriada em Galati, ao leste da Romênia, meu marido é belga e minha residência na realidade é lá na Bélgica Ficaremos aqui só 3 anos.

    Qto aos “produtos brasileiros”: feijão preto ou marrom vc encontra no Carrefour e no Supermercado Real, e em lojas de produtos BIO. No Real tb vende partes de porco, todos os defumados (linguiça defumada!) inclusive produtos da Sadia ! O leite de côco vende tb nesses supermercados, na sessao de produtos tailandeses, vende em latas, só procurar coconut milk. Acho que como sou mulher presto mais atençao nessas coisas, rs. Pq não achei difícil achar essas coisas aqui na Romênia não ! 🙂

    Que bom que você se adaptou por aqui. Acho esse país bastante peculiar !

  2. oi Leonardo,
    bah,1 ano para conseguir o visto…

    Adoooreii a entrevista, e agora fiquei curiosa em saber romeno(risos..).
    * Essa curiosidade que mais te chamou atencao no país, te digo,obrigada por avisar, se aparecer algum romeno,escondo meu prato.

  3. Eheheheh gostei da parte que o pessoal pega a comida do outro – rsrsrsrs Super diferente daqui 😉

    Valeu pela entrevista, muito boa 🙂

  4. Oi Leonardo!
    Gostei da sua entrevista, e ja fui para Bucharest inumeras vezes a trabalho, so que minha visao da Romenia e totalmente diferente da sua…nao me sinto segura la de maneira nenhuma, e verdade que eles nao sao tao violentos ( a menos que vc seja abordado pela mafia Russa ) mas sao muito chatos no centro de Bucharest, sempre alguem te pedindo algo, e eles ainda teem a ousadia de te seguir na ruas. Nao acho que eles falem ingles tao bem assim, tenho dificuldade em ir a restaurantes e pedir um prato, se nao fosse o idioma deles ter alguma raiz mesmo que profunda no portugues eu estaria frita! Tambem nao os acho simpaticos de maneira nenhuma, fumam em qualquer lugar e o pais e imundo, transito pessimo, predios muito feios, tudo muito cinza e ah ja ia me esquecendo de mencionar, foi o unico pais onde estive que tive meu cartao de debito foi clonado e so ai descobri que a Romenia e numero 1 em fraudes de cartao de credito, pois o mesmo aconteceu com diversos colegas de trabalho. Nao sei que te dizer, se eu estou sendo muito pessimista ou se voce esta sendo muito otimista…e sem duvida um pais diferente.
    Te cuida

    • eu ja tive meu cartao clonado no rio de janeiro, e me senti muito mais seguro em bucuresti do que aqui. Nao posso dizer que e uma cidade linda pq to acostumado com o rio de janeiro, mas acho um bom lugar para se viver, ao menos nao morre gente todo dia assassinado…

  5. Adorei o lance que eles pegam a comida no seu prato sem pedir , sera que é realmente a herança comunista ou simples falta de educaçao.
    Gostei da entrevista!!!

  6. Olá Dani G.,

    Que legal que vc tb está morando aqui na romenia. Uma grande amiga minha é de Galati. Seu marido trabalha na usina siderurgica de la? Por ele ser belga, imagino que ele trabalhe na Arcellor Mittal.
    Valeu pelas dicas dos alimentos. Vou procurar com mais atenção… 😉
    Abs e entre em contato qdo vier à Bucareste.

  7. Olá Renata,

    Acredito que pelo fato da cidade ser mal cuidada passa a impressão de insegurança. No entanto, desde que cheguei aqui, nunca vi um caso de assalto entre as pessoas que conheço e muito menos assassinato ou sequestro. Alias, acredito que isso jamais venha a acontecer por aqui. Quanto a Mafia Russa, acredito que esta tenha atuação somente na Moldávia, pois nunca ouvi falar de algo desse tipo por aqui.
    Mendigos de fato são bastante chatos, mas por ser Brasileiro já estou acostumado com isso que acontece a muito tempo no nosso Pais. A grande diferença é que vc não precisa temer os mendigos, pois mesmo que vc não dê dinheiro a eles, eles não irão te extorquir ameaçando vc como também acontece no Brasil.
    De fato o uso do Idioma inglês nem sempre é tão bom, principalmente entre pessoas que trabalham com trabalhos mais simples como os garçons. Você talvez tenha notado isso principalmente por conviver com os Romenos nestes ambientes. No dia a dia, muita gente fala inglês melhor do que muito gerente de multinacional no Brasil.
    Quanto ao uso de cartão de credito de fato é um grande problema. As pessoas aqui tem costume de andar com dinheiro no bolso, pois é dificil achar estabelecimentos que aceitam cartão. Acredito que este atraso tenha a ver com isso das fraudes. Os romenos são conhecidos por terem uma formação tecnica muito boa, proveniente de universidades de engenharia de grande qualidade, e infelizmente muitos deles acabam optando pelo caminho do mal… hackers e scammers são muito comuns por aqui.
    Bom, no mais acho que nenhum lugar no mundo é perfeito. De fato sou otimista pois acredito que ser flexivel com os problemas e atento as coisas boas torna a vida muito mais fácil quando se está fora de casa.
    Abs e sucesso!

  8. Oi todo bom?
    primeiro disculpar meu portugues, mais eu so romeino do bucareste.
    Leonardo , obrigado por falar bem de meu pais , mais eu tenho que dar razon ao Renata. Eu viage varias veces ao brasil e o atendemento de aqui da romenia nao ten nada ver com o brasil , mais aqui as coisas tamben comencaron se movimentar nos ultimos anos gracas ao Deus. Emcuanto aos cartoes de credito , os romeinos nao usan tanto ese tipo de pago porque e relativamente novo aqui no pais. O negocio do clone infelizmente e verdade , os romenios son numero uno no mundo en ese tipo de coisas, por isso e bom siempre de evitar pagar com cartao nao restaurante e bares que nao tem a maquina wireless. E por ultimo isso de uma pessoa de aqui pegar comida do seu prato e un caso singular porque para nois isso e uma falta de respeito grande, a no ser que o cara tomo alguma cerveja demais o ele e do campo e nao ten a educacao basica.
    disculpar meu erros de nao saber escribir direitnho portugues.
    um saludo,
    viorel

    • Maceió,july 18th,2014

      Mr.Viorel
      How are you ?

      Eu sou um homem de Maceió,a capital do estado de Alagoas,no Brasil.Tods às noites eu escuto os programas em espanhol da “Radio ROMÂNIA International”.I love listening the shortwawes radio stations..Yes,I love radio and music.
      I listen “Radio RO^MANIA Muzical” and Radio Romantic FM,from Bucharest.I love the Romanian folk music.I would like to have a Pen pal friend in Romania.Romania is a very beatiful country.

      Best regards.

      Adriel Batista Correia de Melo
      E-mail:adrielbatista@bol.com.br
      Caixa Postal#218
      57020-970 MACEIÓ(AL)BRAZIL

  9. Ola, Leonardo. Sempre tive um sonho de conhecer a Romenia e adorei ficar sabendo da sua experiencia e informações que nos deu sobre o pais.
    Parabéns pela sua coragem de viver fora do Brasil em um país de cultura tão diferente. O que me atrai na Romenia é o idoma, que gostaria muito de aprender e as belas paisagens/natureza.

    VIOREL – AMIGO, seu português não está ruim, alías, está melhor que o o português de adolescente brasileiro. Continue estudando a língua e você irá melhorar rapidamente. se estiver interessado em conversar comigo, para aprender um pouco mais, pode me escrever -elisamarpereira arroba hotmail.com . saudações a todos.

  10. Olá Leonardo,

    Muito em breve eu vou está em bucarest provavelmente vou passar uns 6 meses, o meu esposo é romeno, eu já estive ai em 2007 e a minha impressão da romenia não foi muito boa. As pessoa idosas são muito fechadas e tem raiva de tudo reclama de qualquer coisa equanto a cidade tem aparência muito medieval, espero que eu possa entrar em cotato com o pessoal brasileiro. Pretendo Regularizar o meu casamento na Romenia.

  11. Leo!!!!Não acredito!!Você é relamente quem eu estava procurando!!!Meu nome é Alanna e eu também sou mineiríssima, só que de Uberlândia, e acabei de entrar na AIESEC daqui, e adivinha para onde eu vou na segunda semana de Julho?Bucareste!!!!Meu Deus estou super à procura de alguém para me dar um suporte, tipo : recomendações ,etc!Por favor me passa seu msn, Me manda um e-mail sei lá qualquer coisa pra gente conversar!!!!!!
    Adorei seu Blog!!!!!!!!!!!!!!!!
    BJO

  12. Olha eu morava em Portugal, tenho Residência e há um mês voltei para o Brasil. Conheci alguns romenos, um casal vizinho muito animado. Não tenho que falar mal deles e sim muito bem. Os romenos são bem parecidos com nós brasileiros; gostam de festas, são animados; respeitadores e muito receptivos. Quero ainda um dia conhecer a Romenia. Espero que o mais breve possível. Boa sore aí meu conterrâneo, tbm sou mineira.

  13. Olá! Já falei com você 🙂
    Adorei a entrevista e adoro a Romênia.
    Claro que não conheço muito,passei pouco tempo,mas gostei muito.
    Não achei as pessoas sem educação,muito pelo contrário. Fui muito bem recebida em todos os lugares que estive.
    Comigo também aconteceu várias vezes de pegarem comida do meu prato rsrs…é estranho,mas não me importei.
    Espero estar de volta na Romênia,o quanto antes.
    E obrigado pela ajuda !

  14. Oi Leonardo sou brasileiro do PR, tenho cidadania italiana, moro em Verona. A minha esposa venho morar aqui comigo e quer trabalhar com caminhao como eu, o problema que ela precisa trocar a carteira de motorista brasileira, coisa que os italianos nao fazem, mais fiquei sabendo que a romenia faz,(mandei um email para o consulado do RJ). Voce nao poderia nos ajudar de qualquer forma?

  15. oi leonardo! buna ziua!

    gostaria de saber como posso tirar aqui o visto permanente pois estou estudando a lingua romena e gostei daqui queria me comunicar com vc atravez do eemail ok?

  16. Olà Leonardo, tudo bem?. olha gostaria de encontra brasileiros aqui na romenia, pois estou mim sentindo muito sozinha e isso nao estar mim fazendo bem. Você poderia mim ajuda em algum sentido.. esse è meu email, mim escreve algo por favor.. obrigado e bjsssss

  17. Olá Leonardo, já estive em Bucharest 2 vezes, olha infelizmente eu não tive a sorte de encontrar pessoas tão simpaticas e hospitaleiras, como vc disse..achei as pessoas frias, um país cinzento, com predios horriveis, mas como novas culturas pra mim sempre são bem vindas, não me arrependo, e volto para a Romenia agora em junho, meu irmão trabalha ai e joga futebol no Rapid….talvez vc saiba quem é…..obrigada beijo

  18. Brasileiros em Constanta?

    • Ola, eu estou morando em Constanta a 6 meses.. e vou te contar que nao encontrei ate agora 1 brasileiro pra contar historia haha

  19. Olá,Leonardo,prazer..
    Olha, amo a romenia e o povo romeno.
    Já estive por ai logo após a revolução por algumas vezes…Desejo voltar no próximo ano(2011).
    Gostaria de aprender a lingua até lá se vc tiver alguma dica, seria legal..
    Abraços
    Boa sorte por ai..

  20. Olá, Leonardo, como está?
    Eu pretendo viajar para Bucharest, estou noivo de uma mulher romena e penso em morar aí. Trabalho com informática, nível técnico. Estou aprendendo romeno e espanhol. Você acha que tenho chance de encontrar trabalho na área?
    Desde já agradeço!

  21. eu sou romenio e morro no sao paulo a 3 annos e adorro brazil e fico feliz ver os comentarios dos brazileiros um abraço

  22. Hola Leonardo, Vi que voce ja voltou para o Br, gostaria de ter algumas informacoes sobre bucarest, Meu marido esta pensando em se postular para um emprego por la, ja sou expatriada a um bom tempo, tenho dois filhos e teria que morar em baneasa, pelo que vi, pipera tb e umma opcao, pois a escola seria por la, Poderia entrar em contato comigo neste email para poder ter mais informacao? obrigada Luciana

    • Oi Luciana, voltei da Romênia em fevereiro após uma temporada de três anos por lá. Morávamos em Baneasa (eu, minha esposa e meu filho de 3 anos). Me avise se você precisar de informações.

  23. Fala Leonardo.
    Estou a trabalho na Romenia e vou ficar aqui até o final de julho eu e mais um amigo na verdade somos quatro mas dois ja estão voltando para Brasil, ja visitamos alguns lugares gostaria de trocar uma ideia com você, ja visitamos Bucaresti ficamos no hotel him, vamos voltar ai semana que vem, estamos morando em Ploiesti.
    Ha se quiser comer um feijão trouxemos do Brasil.
    Um abraço.

  24. oi Leonardo,meu nome e Rafael tenho 23 anos e moro em Bucareste(sector 3-a 200mt do metro Titan) ha 3 anos.Tive um trabalho por aqui durante um periodo,mas no momento estou fazendo uns bicos para continuar levando a minha vida.Falo o idioma perfeitamente,conheco toda a cidade,mas nao conheco nenhum Brasileiro por aqui.Se vc ainda estiver por aqui,queria nos encontrar para conversarmos.Meu e-mail e (rafaelviotto@yahoo.com) Tel-0727468269.

  25. oLa Leonardo! tdo bem? Eu estou namorando um romeno e volto no final do ano apra visita-lo. Ja conheço Bucareste, Constanta e o delta do danubio.. se quiser entre em contato!!! grande abraço!

  26. Salut! Leo, desejo viajar á Romenia prox ano, tenho ascendencia. No Brasil trabalho com Gestão e Educação Ambiental. Desejo manter contato. msn/skyp/facebook – luizfborges@gmail.com – Estou estudando romeno pelo site http://www.livemocha.com – Meu planejamento é poder moarra e trabalhar neste pais que sou apaixonado. Multsumesc, Luiz Borges

    Aos demais que gostam , queiram estudar juntos e trocarem experiênciuas, estou à disposição.

    La revedere!

  27. olá!! gostaria de saber se ai e dificil serviço de mecanico de automovel e motocicleta meu esposo esta pensando em ir trabalhar ai mas estou com medo dele nao conseguir emprego

  28. ola leandro,,,como vc mora aqui a mais tempo,,estou namorando com un romeno e sou brasileira gostaria de saber se vc tem informacoes para o casamento aqui como funziona grata

  29. Olá Leonardo!
    Gostei muito da entrevista feita com você sobre sua vida na Romênia.
    Sou muito curioso em saber o possível sobre a Romenia, e não é comum encontrar esse tipo de informação idêntica as que encontrei aqui nesta página, principalmente de quem tem uma experiência de vida. também sou muito interessado em um dia conhecer a Romenia, acho um país muito bonito, com belas paisagens, e com uma história muito interessante, sem dizer a cultura. Um dia gostaria de visitá-la, mas gostaria que alguém me respondesse, quiçá você mesmo, em relação a trabalhar e viver na Romênia, Quais são os tipos de empegos e carreiras a seguir, negócio próprio, etc, que prticularmente estão em alta na Romênia ? me interessei com o texto em saber que os romenos são receptivos com brasileiros, e coom pessoas de fora, o que não acontece em outras partes da europa, e em muitos outros lugares do mundo. Caso você Leonardo, ou alguém seja romeno, ou que mora ou visita sempre a Romênia, que possa me dizer esta informação, ficaria feliz.

    grande abç!

  30. Oi Leonardo encontrei seu blog hj e adorei, pois venho a Romania sempre,* Oradea*. vc sabe se tem algum Brasileiro por aqui?
    beijos Fernanda.

  31. Você ainda mora ai?

  32. ola Leonardo,
    se um dia a gente se encontrar o bate-boca vai ser longo !
    Legal ter encontrado seu blog. Sou musico de BH em MPB & JAZZ, expatriado na França, casado com uma Ch’ti e temos duas filhas francesas adolescentes. Ja toquei em Liége. Vamos visitar a Romenia por uma semana em agosto. Se voce quiser sera’ um prazer conversarmos mais via e-mail ok.
    Cordialmente,
    pAuLo eDaZiMa na Web.
    Meu mail : ppjn@nordnet.fr

  33. Olá meu conterrâneo eu me chamo Vinícius eu sou mineiro de uma cidade chamada Cristais próximo a Varginha e Alfenas sul de minas,já ouviu falar?Porém atualmente resido em SP e sou estudante de Direito.A minha pergunta é o seguinte: será q futuramente eu poderei fazer um curso de extensão de Direito aí na Romênia?Eu não posso ver um rabo de saia q ja fico doido,é tipico do mineiro.Adoro as romenas,será q elas gostam de brasileiros?Sou moreno da cor do Obama e tenho 1m e 89 de altura,será q elas não tem preconceito?Cara o q elas pensam ou como elas se portam quando veem ou conversam com os brasileiros?Será q elas ficam caidinhas por nós?Amo a Romênia sem conhece-la.RsrsrsEu ainda me casarei com uma romena e vc sera meu padrinho.Fort amigão.É nóis uai sô…

  34. Por favor me responda no meu email se puder é viniciusjhonatan@hotmail.com qualquer um se puder e quiser também p pode responder.Valeu!

  35. Os romenos(as)que trabalham no Serviço Espanhol da Rádio Romênia
    Internacional,não são educados.Deixaram de enviar o boletim de programação sem me dizer o motivo.São muito mal educados e chatos.
    Amo a Romênia,mas NÃO o povo romeno.

    Adriel Batista Correia de Melo

  36. Olá pessoal assim como vcs sou brasileiro mesmo com esse nome! Na verdade sou descendente de gregos me encontro em uma situação delicada estou passando muitas dificuldades aqui na Grecia e aqui não se vê empregos e muito menos pessoas que tenham um coração e humildade, todas as pessoas desse pais são egoístas e só pensam em sí próprias são ignorantes e arrogântes suas lêis são arcáicas como no tempo de Sócrates.
    Procuro uma oportunidade de emprego na Romênia para poder ajudar meus pais com 80 anos que se encontram em uma situação muito desumana aqui na Grecia. Pois esse pais não faz juz nem mesmo as lêis internacionais dos direitos humanos. meus paisque nasceram aqui e são gregos não recebem aposentadoria por idade mesmo estando doêntes e sem condições de se auto sustentarem. Estou desempregado fui ver varias coisas p me virar e não deixam agente nem trabalhar por conta aqui nem com artesanatos mesmo querendo pagar impôstos, aqui é proibido. Proibem tudo o que vc quer fazer e tb não dão emprego para ninguém e agora cortaram a assistencia médica da familia que ja era publica logo seremos despejados porque o dinheiro q tenho p pagar aluguel esta terminando. Peço apenas uma dica de onde e como posso fazer para arrumar algum trabalho seja qual for ou alguem que possa me dar dicas me ajudar em algo ai na Romenia.
    Falo alguns ediomas e trabalhei com muitas coisas no Brasil e aqui na Grecia muito obrigado pela ateção.
    Obs aqueles que queiram vir para a Grecia estejam ciêntes que esse pais nao presta nem para o turismo aqui não existe mais nada apenas desprezo pelo ser humano e pouco caso te tratam como cachorro e não existem lêis com lógicas nenhuma pois esse pais não é livre e nem democratico aqui a democracia morreu com os proprios gregos antigos e vive como uma ditadura disfarcada aqui ninguem pode nada e nao tem nada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: