A vida no Japão

[Entrevistando Expatriados] Neusa Emiko, mudou-se para o Japão em 1992 para dar continuidade a seus estudos como pesquisadora. Por saber o idioma e conhecer os costumes Japoneses, a adaptação foi tranquila. Casou-se com um local e apesar de integrada socialmente e culturalmente ao “novo” país, ainda sente falta do calor humano brasileiro.
Conheça um pouco mais de sua história …

– Nome:
Neusa Emiko Miyata

– Onde nasceu e cresceu?
Brasilia – DF

– Em que país e cidade você mora?
Kumamoto – Japao

– Você mora sozinho ou com sua família?
Com meu marido.

– Há quanto tempo você reside nesse local?
Moro no Japao desde 1992. Aqui em Kumamoto, desde 2001.

– Já residiu em outro(s) país(es) antes dessa experiência?
Nao.

– Qual sua idade?
40

– Quando surgiu a idéia de residir no exterior?
Ganhei uma Bolsa de Estudos do Governo do Japao para fazer pesquisa na minha area, psicologia clinica.

– Foi difícil conseguir o visto de residência ou o visto de trabalho?
Nao. Sou filha de japoneses, e vim com o visto de pesquisadora

– Você tem seguro saúde? Foi difícil obtê-lo antes ou depois da sua chegada?
Tenho desde que cheguei. Nao tive nenhuma dificultade em obte-lo.

– Você trabalha? Como a renda familiar é obtida?
O meu marido eh japones e medico da Cruz Vermelha. Eu jah trabalhei como interprete na prefeitura de Kyoto, professora de portugues na Universidade de Linguas Estrangeiras de Kyoto e atualmente sou Diretora-Executiva do Programa Disque-Saude, que dah assistencia e orientacao medica por telefone a comunidade brasileira no Japao. No meu caso, nao tive dificuldades em obter emprego no Japao, pois falo, leio e escrevo japones.
Parque Suizenji - Kamamoto Japao

– Se a resposta anterior foi sim, você mudou de área depois da saída do Brasil ou continua no mesmo setor?
Continuo na mesma area.

– Você fala a língua local? Você acredita que é importante aprender a língua local?
Falo japones fluentemente. Acho fundamental falar a lingua do pais que moramos. Soh assim para compreendermos melhor as diferencas culturais.

– O que você pensa sobre seu novo país e o local onde mora (e/ou onde morou)? Eles respeitam os Brasileiros e outros expatriados vivendo nesse país?
O Japao eh um pais muito diferente do Brasil. Tem qualidades e defeitos como qualquer outro pais e precisamos compreender essas diferencas para vivermos bem aqui ou em qualquer outro pais. Gosto do povo educado, da limpeza, da organizacao, pontualidade e seguranca daqui, mas sinto falta do calor humano e das belas praias do Brasil.

– Você tem filhos? Se sim, eles se adaptaram ao novo país? Estudam e têm amigos locais?
Nao tenho filhos

– Sente saudades da família no Brasil?
Sinto muitas saudades da familia e dos amigos no Brasil, mas agora com a internet fica mais facil entrar em contato com todos eles.
Sinto falta de produtos do Brasil sim. Aqui na minha cidade nao tem nenhuma loja de produtos brasileiros. Mas em regioes onde a concentracao de brasileiros eh grande, jah existem varias lojas e ateh supermercados brasileiros!

– O que costuma fazer nas horas vagas, finais de semana e feriados? Quais as atividades recreacionais existentes?
Durante a semana, frequento uma academia. Lah, faco aulas de musculacao, natacao, etc. Nos finais de semana me encontro com os meus amigos e saimos para jantar fora ou tomar um vinho. Acho que no Brasil as pessoas sao mais festeiras que aqui. A vida social aqui no Japao nao eh tao intensa.
– Você tem planos para o futuro? Pretende viver nesse país para sempre?
Eu e o meu marido pretendemos morar na Europa, depois que ele se aposentar. Ainda nao escolhemos o pais… Talvez Franca, Italia ou Espanha.

– Você comprou ou alugou o local que reside? Quanto pagou ou paga por isso? Comprar imóveis é algo comum nesse país?
Compramos um apartamento super bem localizado, ao lado de uma estacao de trem. Pagamos 30.000.000 ienes.

– Qual o custo de vida?
Depende muito da regiao. Sinceramente nao tenho ideia, pois nao tenho filhos e nao sei quanto se gasta com educacao.

– Quais os pontos positivos e negativos de morar nesse país?
Positivos: estabilidade financeira, seguranca, organizacao.
Negativos: falta de calor humano

– Você tem sugestões ou dicas para pessoas que pretendem viver nesse país?
Venham sabendo falar japones e compreendendo a cultura daqui.

Participe… Deixe seu comentário

Anúncios

15 Respostas

  1. Neusa !

    A entrevista ficou bem clara e deixa transparecer bem sua felicidade e realizacao. Acho importante que tambem pessoas maduras, com os pes no chao, contem suas experiencias da vida no exterior. Eu vim para a Holanda ja’ perto dos 40 anos e, as nossas impressoes e dificuldades sao diferentes dos bem mais jovens que se aventuram.
    Gostei de voce ter deixado bem calro o quanto o conhecimento do idioma local faz diferenca nas oportunidades.
    Sucesso !

    Susana

  2. Sim, Neusa você tem toda razao.
    Saber o idioma faz toda a diferença em nossa adaptaçao em um novo país. Poder ligar a TV e entender o que se passa `a nossa volta parece tao simples, mas quando estamos em um novo país, nao é.
    Fico feliz em ver como você conseguiu o seu lugar no Japao.
    E sim, mais uma vez para o calor humano do nosso povo brasileiro. Nossa ‘marca’ nao acha?
    E desejo a você – como os holandeses sempre dizem por aqui – Sucesso!

  3. Susana e Naldy, obrigada de coracao pelos comentarios. Acho que para a gente viver bem fora da nossa terrinha, eh fundamental aprendermos o idioma. Com isso fica mais facil compreendermos melhor a cultura e as diferencas, nao eh mesmo?
    O Japao eh um pais lindo e espero que voces venham conhecer! Terei o maior prazer em passar mil dicas legais!
    Beijos orientais para as minhas novas amigas da Holanda!

  4. Primeiramente digo olá para as 3,Neusa,Suzane,Naldy.Sou descendente de japoneses( sansei) e estou no japão desde 1991.Desde essa data voltei cerca de 4 vezes ao Brasil ficando no total cerca de 4 anos por lá.já estive na Holanda e vários países tb a passeio.Adoro o japão mas se tivesse as facilidades e oportunidades que consigo aqui gostaria de tentar viver na europa tb.Retornei do Brasil recentemente onde apesar de ter conhecido poucas pessoas maravilhosas,senti tristeza ao ver à situação em que as pessoas deixam o país.Com certeza é muito mais prático ir para algum país sabendo à língua local. No meu caso foi diferente, mas não passei muito apuro por isso.Adoro e respeito a organização e educação dos japs,além de ser um país avançado mas que mantem muito do seu passado preservado.se vcs 3 desejarem entrem em contato para trocarmos experiências de vida.Tudo de bom e boa sorte. rajrla@hotmail.com

  5. Adorei a entrevistas e queria saber mais sobre a vida japonesa

  6. Olá, sou brasileira não descendente e gostaría de saber como conseguir conquistar um espaço, uma oportunidade de ir para o japão? Por favor, aguardo retorno da resposta pelo e-mail…bjs.

  7. Uma pergunta… é dificil acostumar com o jeito japonês… a cultura e outras coisas?

  8. sou apaixonada pelo japão,e tenho muita vontade de conhecer.o que e mais importante?

  9. Olá, gostaria de saber como é a vida no Japão, é uma vida muito apressada, agitada? É difícil de fazer amizade com alguns japoneses devido a falta de calor humano?
    Eu gostaria muito de conhecer o Japão, pois é o país dos meus sonhos…

  10. FINALMENTE =P para começar ja digo um muito obrigado só por existir xD eu ADORO a cultura japonesa adorava poder falar consigo pois eu gostava de um dia poder visitar o Japão

  11. eu queria visitar o seu país

  12. Olá a todos…eu finalmente consegui a autorização do meu pai para ir morar no japão, mas não sou descendente e não pretendo me casar para poder ir morar lá…
    o que eu faço??
    alguém poderia me ajudar??
    bjoos e obrigada

  13. irei fazer uma perg
    A vida no Japao e melhor do que aki no Brasil?
    Por que vcs comem de hashi em vz de talher
    foi dificil aprenter os constumes
    deles?

  14. eu fui para o japão com 20 anos eu era pobre mas conseguir ajuntar um dinheiro e fui eu sabia só um pouco japones só o basico como obrigado, como arrumar emprego e etc. quando fui la me senti perdido por que não entendia o que estava escritor nas paredes fiquei com muito medo e com frio na barriga la conseguir um emprego como garçone com um dinheiro que eu ganhava era para min manter eu fui para o japão para conseguir ser jogador de futball por que eu queria jogar na seleção japonesa e tambem conseguir uma vidar melhor. morei lar 6 anos e tambem ficava olhando as pessoas que eram muitos difentes uns com cabelos pra frente outros com os cabelos todos na cara parecendo aqueles desenhos japones com mangás. eu sonhava em ir para o japão por causa de sua tecnologia muito avançada e tambem por causas dos desenhos como dragon ball z, cavaleiros dos zodiacos e demas. e conseguir ajuntar um dinheiro e vim para o brasil mas se eu podesse ia viver la mas como vivia ilegalmenter não queria. e essa foi minha experiençia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: